Ministério da Criança

Coração puro para a eternidade

criancas1Tive uma infância muito sadia, não era tão rodiada pelas tecnologias, era rodeada pelor aquelas brincadeiras simples, as melhores do mundo. De segunda à sexta minha mãe sempre dizia que dia de semana não era dia de ficar zanzando por aí, e eu não via a hora de chegar o fim de semana para brincar com os meus primos de pega-pega, esconde- esconde, assistir filmes, desenhos e etc. Tive uma infância que deixou saudades.

Tenho admiração pelas crianças, elas ensinam tanto sem ao menos perceberem. Criança é o ser mais sincero que conheço, são emotivas, não camuflam seus sentimentos, não tem medo de demonstrar tristeza, raiva, alegria, dizem o que pensam sem se preocupar se isso vai queimar o “filme” delas, simplesmente são sinceras.

Existe uma frase na bíblia dita por Jesus, que nos faz pensar bastante quando esquecemos que um dia já fomos crianças: “Em verdade vos digo: todo o que não receber o reino de Deus com a mentalidade de uma criança, nele não entrará”, Marcos 10:15.

No tempo de Jesus, haviam várias categorias de pessoas vítimas da exclusão social. Entre elas, estavam as crianças. O Reino inaugurado por Jesus rejeitava este esquema social, descobrindo o valor que cada criança traz dentro de si. Mas, o que Deus quis dizer com essa parabola? Como a criança, precisamos ser verdadeiros, não ter malícia no coração e escolher o reino de Deus com simplicidade.

O coração de uma criança é puro e é assim que devemos ser. Não somente no Dia das Crianças para ganhar presentes momentâneos, mas para ganhar o maior presente dado pelo nosso Pai do céu, a ETERNIDADE!

“Assim era a criança “ontem”, é assim hoje e para sempre deverá ser assim- pois ser criança é ser feliz em todos os momentos de nossa vida infantil e nunca ficar triste por obstáculos que podem ser passados.”

[ Tainá Macedo – Equipe AP ]