Ministério da Criança

Encontro de Bonecas

ENCONTRO DE BONECAS

Público alvo – meninas de 5 a 12 anos

Adaptado de Festa de Bonecas de Shirley Araújo (APL) e Rosana Reis de Barros (AP)

“Instrui a criança”… A Palavra de Deus esclarece nosso dever para com as crianças. Quando a educação é feita de forma lúdica e divertida, o aprendizado se dá naturalmente, e é permanente. “Instrui no caminho e não se esquecerá”. Esse projeto fará parte da vida das meninas que serão marcadas e não se esquecerão do que é necessário ser e fazer para ser feliz.

Crescer, ficar adulto…amadurecer, optar por bons valores morais, ser gente da paz, de boa índole…não é isso que queremos para nossas crianças?

Ao cuidar das meninas, queremos despertar nelas o desejo de serem cidadãs do Reino, mas também precisamos que tenham vida abundante nesta terra, e por isso é necessário que tenham as informações básicas da vida. Precisamos auxiliá-las no cuidado do corpo e nas suas emoções para que sonhem alto, que continuem sendo bonecas vivas, que não percam a inocência.

Vamos acordar na menina o desejo de ser uma mulher de verdade, de coragem e de garra. Uma pessoa confiável, resoluta e que sabe o quer, que busca o sucesso e a felicidade. Mas que para chegar a seu objetivo, vai aprender a pensar em suas escolhas e no seu estilo de vida. Esse programa promove valores morais e espirituais importantes para as meninas. Queremos mostrar o caminho, para que essas, agora meninas, se tornem mulheres de fé.

Para ajudar nessas decisões e visão de futuro, abordamos dentro do projeto, temas como: Saúde, Boas Maneiras, Cuidados ao Vestir, culinária, Higiene e Artesanato. Queremos que a menina se encante com o fato de ser menina, e que encare a responsabilidade e cuidados decorrentes desse fato. E cresça feliz com o fato de ser mulher.

Duração: pode ser feito num dia, ou em algumas horas. Ou em várias reuniões de uma hora de duração.

Desenvolvimento: Cada convidada deve participar acompanhada de sua boneca ou bichinho de pelúcia que comporá a decoração.

Preparos antecipados: Escolha do Local para a festa, Convites, Decoração, Alimentos próprios de festa, Material para o artesanato, Material para a culinária.

Recepção – Podemos estender tapete vermelho para a menina e sua boneca. Ela e a boneca devem receber uma identificação (crachá). Prepare garotas maiores para, vestidas de bonequinhas fazerem a saudação na chegada e no final do programa encaminhar as crianças aos pais.

Ideias de Brincadeiras infantis: pular corda, jogar peteca, brincar com bambolê, brincar de casinha. Pode se fazer brincadeiras de salão.

Ideias de Artesanato: customizar uma camiseta colando motivos infantis (bichinhos); fazer fuxico, scraapbook, marca página.

Ideias para Aulas especiais ou Conversas em círculo – Bate Papo

(Ter um mediador para cada tema e não deve ultrapassar 10 minutos a conversa)

1 – Aula – É muito bom ser menina – Falar das vantagens de nascer menina, das coisas gostosas, das qualidades das meninas, da beleza, das brincadeiras.

2 – Aula de etiqueta e boas maneiras – como caminhar, sentar, parar em pé; etiqueta simples à mesa. Obrigada, com licença, cumprimentar com sorriso, simpatia.

3 – Aula sobre vestuário – desfile de moda infantil ou com slides de modelos infantis e sobre calçado – perigos do salto alto, o que é ser elegante, o que é conforto.

4 – Aula sobre higiene – banho, escovar os dentes, cabelos, cortar as unhas, etc.

5 – Aula sobre sexualidade – mudanças no corpo, cuidados e Alerta contra violência – Falar das segundas intenções das pessoas e o cuidado que precisam ter com o seu corpo. Falar de toques que são certos e toques que não são bons.

Resumo do Programa:

  • Sessão de Fotos
  • Abertura com apresentações, louvor e oração. E o Drama da História da Ester.
  • Bate Papo 1, Gincana
  • Bate papo 2
  • Músicas
  • Bate Papo
  • Culinária
  • Bate Papo 4
  • Artesanato
  • Bate Papo 5
  • Banquete
  • musica
  • historia final

SESSÃO DE FOTOS – opcional. Contrate alguém para tirar fotos, e acerte os valores com os pais.

BOAS VINDAS – Após a sessão de fotos fazer a apresentação da equipe e falar sobre o programa do dia, o que vai acontecer.

LOUVOR – escolha músicas que elevam a Deus, insira uma musica nova. Ex. Palavrinhas, Minha Vida é Uma Viagem, Tia Cecéu.

ORAÇÃO – Orem pela programação e pelas famílias representadas.

Abertura – História de Ester. Enfatizar a coragem, o caráter e dificuldades que ela enfrentou. Começar a história normalmente como conhecemos, e na hora da escolha da rainha, dramatizar – sugestão.

Escolha 5 ou 6 meninas maiores para a encenação. Cada moça ao entrar deve vir com um coração de cartolina com palavras escritas nele para dizer que daria seu coração ao rei, e que nele estavam as suas características. Seriam virtudes, mas colocar também coisas ruins. Escolha no máximo seis para não cansar as crianças. Somente o coração de Ester teria somente palavras boas. Ex; coragem, amor, fidelidade, feliz, Jesus, Deus… O rei então escolhe Ester, porque ele queria alguém com o coração bom.

Conclusão: Cada um de nós tem coisas boas e ruins no coração, mas temos que nos esforçar para só ter coisas boas, e quem faz isso é Deus em nós.

BATE PAPO – para cada assunto, apresentar de forma lúdica, engraçada, com muita criatividade. Pode-se fazer um bate papo em roda ou outra forma. Escolha dentro do programa quantas aulas dessas consegues inserir. Temos 8 sugestões.

GINCANA – Ester teve alguns desafios e teve que aprender a obedecer algumas regras. Uma delas é que não podia falar com o rei se ele não a chamasse. Contar que ela passou por uma prova e ela usou a oração. Que é um recurso que Deus nos deixou para falarmos com Ele. Escolha para a gincana desafios conforme a idade da criança. Vamos ter também alguns desafios.

Sugestão:

1 – Quem troca a boneca primeiro – Conseguir bonecas bebê grandes, roupinhas de nenês. E elas ao dar o sinal, devem colocar a roupinha na boneca.

2 – Calças grande com elástico – Encher de bexigas, ver quem consegue colocar mais bexiga na calça. Esta atividade será em grupos.

BANQUETE – Pode usar o momento do almoço, ou hora do lanche para ser o banquete do rei. Contar para as crianças que Deus deu esta ideia para Ester, para amolecer o coração do rei. Falar que Ester foi muito cuidadosa ao preparar um banquete muito gostoso e nutritivo. Ensinar os cuidados que devemos ter à mesa. Terminar com festa e bolo. Encerrar a historia contando a vitória que Ester teve em confiar plenamente em DEUS. Ter a coroação da Ester e das Meninas. Nessa hora as meninas devem estar com uma roupa bem bonita e cabelos arrumados.

Atividades Extras – Pode dividir por faixa etária ou grupos e formar carrossel. Trabalhar com: colagem, massinha, pintura com cola colorida, artesanato, desenho para colorir, culinária – e trazemos a sugestão de biscoito de maisena.

História final – A semente da verdade. (Adaptada)

Sugestão de material para artes – confeccionar um marca páginas.

Material – 1 CD velho, A mesma medida para os 2 lados ( EVA), 1 par de olhos, 1 lacinho, cola colorida preta.

História – A semente da verdade

O imperador precisava achar uma pessoa que ficasse em seu lugar – um sucessor. Ele não tinha filhos, nem parentes, então ele decidiu chamar todas as crianças do reino. E ele escolheria uma delas para ser o imperador ou a imperatriz.

Thay foi uma delas. Ela era uma ótima menina. Dedicava-se ao jardim de sua casa e cada planta tocada por ela crescia muito e forte. Gostava de ajudar sua mãe na cozinha, fazia algumas bolachinhas, ah, e gostava de cuidar dos irmãos e de estudar.

Ela ouviu falar da necessidade do Imperador e decidiu que iria lá também. No dia marcado, dirigiu-se até o palácio, onde havia milhares de pequenos súditos. O imperador disse:

– Crianças, preciso escolher o meu sucessor. Será um de vocês. Vou lhes dar uma tarefa. Aqui estão algumas sementes e quero que vocês as cultivem. O trono será daquele que me trouxer, daqui a um ano, a planta mais bonita.

Thay amava cuidar de plantas e com certeza faria muito bem o que o imperador pediu. Chegou em casa, pegou um vaso lindo, colocou terra, a semente, agua… e todos os dias regava…porém, por mais que se esforçasse a semente não brotava. Ela fez tudo o que podia, mas seus esforços não adiantaram.

Então chegou o dia de apresentar a planta ao imperador, a semente de Thay não havia nascido, e ela estava tão preocupada que não queria enfrentar as outras crianças; porém, seu avô lhe disse:

– Você é honesta. Você não é mentirosa… vá até o imperador e diga a verdade. Sua dedicação foi máxima, mas a semente não brotou. Não se envergonhe querida, apenas explique o que você fez, pois devemos sempre agir com honestidade.

Thay obedeceu ao avô e foi ao palácio. Entretanto, ao chegar lá, ficou assustada, pois era a única criança que não levava consigo uma belíssima planta.

O imperador chamava a criança e examinava o vaso. Não sorria nem esboçava contentamento. E chamava a próxima…

Thay estava muito nervosa, pois se o imperador não havia até agora aprovado aquelas plantas maravilhosas, o que diria de seu vaso sem nada?

Thay foi ficando para trás e quando se deu conta, era a última da fila. Mas sua vez chegou e ela não poderia mais adiar o encontro com o imperador.

– Vejamos menina, o que tem aí para mim.

Thay não pode mais evitar as lágrimas. Com a cabeça baixa, mostrou o vaso ao imperador e disse:

– Senhor, sou um aprendiz de jardineira e uma de minhas virtudes é a perseverança, mas por mais que eu tenha me esforçado, a semente não brotou. Meu avô ajudou a pensar sobre o que fazer e optei por dizer a verdade, contar meu esforço e pedir-lhe perdão.

– Não se envergonhe criança, você fez o certo. A sua grande virtude foi dizer a verdade, pois eu havia queimando todas as sementes e nenhuma poderia germinar. Portanto, você foi a única que, de fato, plantou a semente da verdade.

Algumas vezes a verdade não é tão bonita quanto uma flor, mas precisamos encará-la com coragem, para vencer os grandes desafios.

As crianças podem receber um vaso e uma flor para plantar.

Receita da bolachinha

Ingredientes

  • 1 xícara de açúcar orgânico
  • 6 colheres de óleo vegetal
  • 100 g de coco ralado
  • 2 xícaras de farinha de trigo
  • 4 colheres de aveia
  • 1 vidro de leite de coco

Preparo – Misture o leite de coco, óleo, açúcar e o coco, acrescente a farinha de aveia e a farinha de trigo aos poucos até a massa ficar firme e homogênea. Faça bolinhas com a massa e achate-as. Unte a forma com óleo vegetal, asse em forno pré-aquecido, por 15 a 20 minutos.

Esse será um dia marcante na vida dessas crianças…