Evangelismo

Filosofia e Estrutura do Evangelismo Público

O Evangelismo Público existe para pregar publicamente o Evangelho de Jesus Cristo no contexto da tríplice mensagem angélica de Apocalipse 14:6-12, com o propósito de preparar o mundo para a segunda vinda de Jesus (Ap 14:14).

A filosofia do Departamento de Evangelismo da Associação Paulistana é realizar o trabalho evangelístico:

a) para a glória de Deus;
b) edificação da igreja de Jesus Cristo;
c) salvação dos perdidos.

A nossa missão é batizar com qualidade o maior número possível de pessoas. Para tanto, trabalhamos com o modelo de Evangelismo Público de Colheitas Evangelísticas.

Elas ocorrem o ano inteiro obedecendo a seguinte estrutura:

1 – Um grupo de no mínimo 12 e no máximo 25 Distritos são escolhidos e votados pela mesa diretora da AP para sediar o Evangelismo Público de Colheita.

2 – Uma reunião é feita com o pastor distrital anunciando a escolha e outra com o grupo escolhido para apresentar a programação como um todo.

3 – Um Obreiro Bíblico do Departamento de Evangelismo é enviado no início de fevereiro para cada distrito e permanece lá o ano inteiro.

4 – No início do ano a liderança do Distrito e do Departamento de Evangelismo da Associação, trabalham para se estabelecer em cada igreja um plano de preparo espiritual e missionário/evangelístico. Espiritual: Plano Efetivo de Oração Intercessora, Vigílias e Jejuns. Missionário/evangelístico: Plano efetivo de Classes Bíblicas, Duplas Missionárias, Pequenos Grupos e Feiras de Saúde, Semana Evangelística de Reavivamento antes e de consolidação depois da Colheita. As igrejas do Distrito são revitalizadas. Na data marcada ocorre uma poderosa Semana de Colheita com batismos de pessoas que ao longo de no mínimo 04 meses e no máximo um ano foram preparadas pelas frentes evangelísticas e missionárias da igreja e pelo obreiro bíblico.

5 – Plano de Evangelismo de Colheita para as crianças de 08 a 12 anos com o projeto Turminha do Apocalipse. Essa semana infantil ocorre paralelamente à dos adultos com o seu próprio cenário.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *