Publicações

Colportagem realiza sonhos

colportagem_equipe

Quem não sonha em fazer o curso dos sonhos em uma ótima faculdade? Todos! Porém, de acordo com o desenvolvimento do nosso país e as taxas enormes, as vezes achamos impossível concretizar aquilo que sonhamos. Mas calma, com Deus tudo é possível!! A colportagem acontece no período das férias, de 30 à 45 dias, são jovens que passam esse período vendendo literaturas e ao mesmo tempo levando a palavra de Deus.

Um Projeto feito pelo Ministério de Publicações que ajuda jovens que não tem recursos necessários para pagar seus estudos e também aqueles que decidem sobreviver diariamente por meio da colportagem. O projeto também tem como objetivo a pregação do evangelho, é uma verdadeira escola prática de relações humanas, oferece ao jovem o prazer do testemunho pessoal, e ensina a dependência diária de Deus.

Muitos universitários que se tornam colportores, tem uma história por trás. Outros que muitas vezes afastaram-se de Deus e acharam na colportagem um caminho de volta a Cristo. Na região do Sacomã são 47 jovens animados e dispostos a salvar muitas almas. Entre essa equipe animada, destacou-se a história do jovem José Júnior, com apenas 18 anos resolve sair da sua vida passada e ser apenas do salvador.

Júnior não é adventista de berço, conheceu a IASD já adolescente e decidiu batizar-se no ano de 2011. Como um menino cristão, estava sempre disposto a fazer todas as coisas na igreja e fazia parte de um grupo abençoado e simplesmente não amava nada mais do que servir a Deus. Na igreja, conheceu dois jovens que não tinham o mesmo compromisso com Deus e o fizeram pensar que poderia ter duas vidas diferentes.

Em um certo sábado, após o pôr-do-sol compraram algumas garrafas de bebida alcoólica e lhe ofereceram. Embora Júnior não quisesse aceitar, depois de ver seus amigos rirem e zombarem de si, acabou cedendo. As coisas tomaram outro rumo depois disso em sua vida, a ponto de nem pensar mais em seguir a Deus como fazia antes, pois essa cena repetiu-se inúmeras vezes no ano seguinte, mesmo que por tantas vezes, tenha tentado parar. Em 19 de junho foi em festa, não muito diferente das que costumava ir.

Mas nesse dia, já no fim da festa, saindo teve a sensação de estar sendo perseguido por alguém, ficou atordoado. Correu pra casa e ajoelhado pediu perdão a Deus e por tudo o que já tinha feito. Porém, ainda precisava de algo que confirmasse sua decisão, de deixar as coisas que fazia entre festas e confusões e viver de modo diferente. A convite de sua irmã, foi para a Colportagem e se viu rodeado de pessoas querendo animá-lo para fazer parte dessa obra. Aos poucos descobriu a grandiosidade desse trabalho e de casa em casa, dia após dias, vive uma experiência que não podia ser melhor.

Júnior podia não ter convicção do que estava prestes a acontecer em sua vida, ao ouvir a voz do Espírito Santo que o trouxe de volta para os caminhos de Jesus.

Se você também tem vontade de fazer parte desse grupo, entre em contato com o Ministério de Publicações da Associação Paulistana ou com o Pastor Laércio Andrade e faça parte de imediato, verá o quanto sua vida será abençoada por Deus.