Ministério da Criança

Blog

A Paixão de Cristo é você... A Ele eu me rendo

"Milhares de pessoas compartilharam a imagem de uma criança síria com as mãos para cima, como se estivesse se entregando, ao confundir a câmera fotográfica com o cano de uma arma. Mas quem fez este flagrante? A imagem começou a viralizar no Twitter na terça-feira da semana passada, quando foi tuitada por Nadia Abu Shaban, uma fotógrafa […]


  • Compartilhar:

"Milhares de pessoas compartilharam a imagem de uma criança síria com as mãos para cima, como se estivesse se entregando, ao confundir a câmera fotográfica com o cano de uma arma. Mas quem fez este flagrante? A imagem começou a viralizar no Twitter na terça-feira da semana passada, quando foi tuitada por Nadia Abu Shaban, uma fotógrafa baseada em Gaza. A mensagem original foi retuitada mais de 11 mil vezes. "Estou chorando", "muito triste" e "a humanidade fracassou" foram alguns dos comentários." [ Fonte BBC - Saiba mais ]

Não houve uma voz de comando, não se ouviu o famoso – “mãos ao alto”... Mas a pequena menina assustada, não se conteve, ao ver uma câmera fotográfica, confundiu-a com uma arma e ergueu rapidamente as mãos dizendo sem palavras... Não me faça mal, não me mate, eu me entrego... Rendo-me.

As crianças têm reações interessantes diante do inesperado, normalmente estão prontas para se defender, correr, lutar. São reações de proteção, que o ser humano ao menor sinal de perigo possui. Simplesmente reagem.

siria

Foto que viralizou foi tirada pelo fotógrafo turco Osman Sağırlı em 2014


A vida neste planeta tem trazido tanto sofrimento e dor, que acabou condicionado as pessoas a não reagirem, não pensarem, não questionarem a respeito das coisas, porque simplesmente fica mais fácil se entregar, se render... Parar de lutar, “é o eu desisto...” acabou. Faça o que quiser, eu não me importo.

Preocupou-me no caso da foto em questão, a reação da criança e na reflexão que está por traz da imagem. Por quem estamos nos rendendo? Para quem nos entregamos? Pensando na guerra entre o bem e o mal, temos escolha... Temos que nos render também, é verdade. Essa decisão é real para cada ser humano. Mas para quem ergueremos os braços?

O mal procura render até as crianças, paralisando-as na frente de equipamentos eletrônicos, fazendo-as parar de lutar, de fugir, de querer escapar daquilo que é uma ameaça e que faz mal. A criança está se rendendo a quem, quando está diante de um programa de TV duvidoso, ou de um game violento, que ensina coisas que não tem valores? Levantar os braços é o mesmo que “baixar a guarda”, permitindo que o cérebro aceite tudo como uma verdade. Isso é se render para quem não merece.

Teve alguém que também se entregou e estendeu os braços, foi a maior rendição que o planeta viu. E ao se render para a morte, o fez porque te escolheu para ser a Sua paixão e ter vida.

Por quem nós vamos nos render nessa páscoa? Para quem ergueremos nossos braços, nossa voz e vida? A escolha é sua. Ele escolheu você. Porque a Paixão de Cristo é você.

Renda-se agora. E vença a guerra com Ele.

[ Nadma Forti ]

  • Compartilhar:
Previous article
Próximo artigo

Associação Paulistana Associação Paulistana

Avenida Santo Amaro, 2949
Brooklin Paulista, São Paulo - SP
CEP: 04555-000
(11) 3545-0900
Nossas redes sociais